Troca do Fluído de Freio

Ligue: (11) 2333-3235
Ligue: (11) 2333-3235

e faça seu orçamento
Melhores preços em Fluido de Freio

Troca do fluido do sistema de freio Dellavia

Troca do fluido do sistema de freio

O que é o fluido de freio?

Fluidos de freio são um tipo específico utilizado em sistemas de frenagem em veículos dos mais variados tipos, possuindo características específicas para este fim, como baixíssima compressibilidade e altíssimo ponto de ebulição, é responsável por transmitir a pressão que faz acionar as pastilhas e sapatas/lonas de freio contra os tambores e discos de freio do veículo.

O fluido de freio absorve água(é higroscópico) e, no reservatório, fica em contato direto com o ar (devido ao respiro na tampa) e submetido à umidade. Com o passar do tempo, há um aumento na quantidade de água nesse fluido. Considerando que o sistema de freios trabalha em altas temperaturas, o que um fluido novo suporta com segurança, o uso e acionamento constante do sistema de freios do veículo ao longo do tempo, fará com que o fluido contido dentro do reservatório, absorvendo a umidade do ar altere a sua composição, baixando assim seu ponto de ebulição (fervura).

Nos momentos onde o sistema de freio for mais exigido (Ex: descida de serra, estradas com curvas sinuosas, veículos usados em competições, etc...) a elevação da temperatura do sistema de freios provocará a diminuição do ponto de ebulição, pois apenas 1% de água misturada no fluido pode baixar até 50ºC o ponto de ebulição. Na prática, isso significa que em situações de uso intenso do freio, o fluido pode ferver e o pedal baixar, resultando na falta de resposta do sistema quando acionado.

Quando deve ser trocado?

  • Obedecendo a recomendação contida no manual do fabricante do veículo;
  • Preventivamente uma vez ao ano;
  • Preventivamente a cada 10.000 km;
  • Sempre que houver perda de fluido causada por vazamentos nos cilindros de roda, válvulas equalizadoras de pressão, cilindro mestre, flexíveis rachados, etc.
** A classificação DOT (sigla originária do Departamento de Transportes Americano) mais elevada indica apenas um fluido mais resistente às altas temperaturas (ponto de ebulição), não influindo no desempenho do freio.
  • DOT 3 – ponto de ebulição acima de 205 ºC
  • DOT 4 – ponto de ebulição acima de 230 ºC
  • DOT 5 – ponto de ebulição acima de 260 ºC

Como é possível observar, o ponto de ebulição do fluido de freio DOT 3 está bem abaixo do ponto de ebulição do fluido de freio DOT 4, portanto quando recomendado pelo Manual do Proprietário o uso de fluido DOT 4, nunca devemos substituir por um DOT 3, o que ocasionará uma deficiência no sistema de freio do veículo.

Danos provocados pela falta regular da troca do fluido de freio:

  • Perda de ação do sistema de freio;
  • Oxidação de vários componentes que causa a diminuição da vida útil de peças como cilindro-mestre, roda, freio a disco, válvula reguladora de pressão, válvulas da unidade hidráulica do ABS (se o veículo for equipado com o sistema).

Recomendações:

1 - Verifique o fluido de freio a cada 30 dias;

2 - Nunca misture o fluido de freio com características diferentes – (DOT);

2 - Nunca reaproveite o fluido de freio;

3 - Quando o fluido de freio atingir o nível mínimo indicado no reservatório recomenda-se que se faça um check-up completo no sistema de freios do veículo. Deve-se verificar a espessura das pastilhas e discos de freio dianteiros mais as sapatas/lonas e tambores/discos de freio traseiros, e ainda possíveis vazamentos e desgaste das demais peças do sistema de freios, tais como cilindros de roda e cilindro mestre, servo freio, válvulas equalizadoras de pressão e flexíveis.

4 - A entrada de contaminantes no reservatório do fluido prejudica a capacidade de frenagem.



Faça seu Orçamento com a Della Via: (11) 2333-3235